AS TESTEMUNHAS

QUEM TE VIU QUEM T.V CLÁSSICO!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Despertar!


Hoje o Senhor me fez levantar com um trecho de um versículo em mente: “Desperta tu que dormes…”. Sempre pergunto ao Senhor sobre o que colocar aqui para você. Muitas vezes coloco o que Deus tem trabalhado em meu coração através de experiências próprias, outras, simplesmente sigo a direção do Espírito, seja através de algo que vem ao meu pensamento ou através do que vejo ou ouço.
Hoje, ao amanhecer, o Senhor nos falou: “Desperta tu que dormes…”.
O que Ele queria dizer com esta exclamação? Seria apenas a voz do Espírito me mandando despertar?
Não…
Haveria algo mais, algo que o Senhor gostaria que colocássemos em prática.
Fui até Efésios 5:14, onde encontrei o versículo completo: “Desperta tu que dormes, e levanta-te de entre os mortos, e Cristo te esclarecerá”.
Mesmo lendo o versículo inteiro ainda não sabia o que Deus queria dizer…
Li então os 21 versículos do capítulo 5. O Apóstolo Paulo inicia nos chamando a ser imitadores de Deus, como filhos amados, mas a partir do versículo 3 ele mostra que, apesar de todo amor derramado na cruz por nós, o pecado ainda impera em nosso meio. Paulo orienta à Igreja a se afastar de toda sorte de pecado: “Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas, antes, ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus”.

Como passamos o final de semana? Que tipo de projetos temos para esta que se inicia?
Por onde tem andado a nossa mente? Que tipo de pensamentos temos alimentado no nosso dia a dia ou quando nos deitamos? Até que ponto temos deixado que a sujeira do mundo domine nossos pensamentos? Onde temos colocado a nossa confiança?

Porque nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus…

Nenhum…

Dos versículos 6 ao 13, Paulo nos diz: “Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros, Porque, noutro tempo, éreis trevas, mas, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz, (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade); Aprovando o que é agradável ao Senhor. E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas, antes, condenai-as; Porque o que eles fazem em oculto, até dizê-lo é torpe. Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas, pela luz, porque a luz tudo manifesta”.

Ninguém vos engane com palavras vãs…
O que Paulo queria dizer com isso? Paulo nos mostrava que chegariam pessoas até nós que tentariam nos levar para uma vida de pecados com palavras convincentes e doces. Pessoas que nos diriam “não tem nada a ver”, “isso é normal”, “Deus só quer a nossa felicidade…”
Palavras convincentes e doces que levam para o abismo…
Quais conselhos temos seguido atualmente? A que tipo de “conselho” temos dado ouvido? O que tem enchido os nossos corações?
Se em outros tempos vivíamos nas trevas, agora que conhecemos a Jesus, devemos andar como filhos da luz, vivendo o que é agradável ao Senhor e nos afastando das obras da carne…
O que pensa fazer esta semana? Que tipo de evento planeja ir com os amigos? Qual a programação da TV que tens assistido? Que leitura tens feito ultimamente? Como tens feito uso da internet?
Se em outros tempos vivíamos nas trevas, agora que conhecemos a Jesus, devemos andar como filhos da luz…
“Desperta tu que dormes, e levanta-te de entre os mortos, e Cristo te esclarecerá”.
Desperta tu que dormes e levanta-te entre os mortos!
Acorda para aquilo que o Senhor tem planejado para ti!
Levanta-te entre os mortos porque aqueles que não conhecem a Jesus, mesmo vivendo parentemente, uma vida de delícias estão mortos para a graça e certamente pagarão um alto preço por sua cegueira espiritual.
Desperta tu que dormes e levanta-te entre os mortos e Cristo te esclarecerá.
Nesta semana o Senhor quer nos despertar para uma nova vida, para uma nova realidade e dimensão. Mas para isso precisamos nos levantar do meio dos mortos, demonstrar a nossa disposição em viver uma nova vida e, desta forma, Cristo nos mostrará o caminho. Ele nos mostrará como agir, como resistir, como dizer não ao pecado…
Mas talvez você esteja se perguntando: Como despertar e levantar dentre os mortos se aqueles que me aprisionam são meus pais, meus filhos, meu marido ou esposa?
Desperta tu que dormes, e levanta-te de entre os mortos, e Cristo te esclarecerá…
Ei!
Se em sua casa há alguém que está morto para Cristo, faça a diferença!
Faça a diferença vivendo o amor de Cristo, faça a diferença mostrando que suas escolhas hoje não são as mesmas, faça a diferença mostrando a diferença que Cristo faz em sua vida.
O que você não pode mesmo é deitar-se com os mortos, você não pode aceitar a amargura que te passam, você não pode aceitar o desânimo que te trazem, você não pode aceitar a desesperança, o desequilíbrio, a ansiedade, a ira.
Desperta tu que dormes, e levanta-te de entre os mortos, e Cristo te esclarecerá!
Faça a diferença e Cristo te mostrará o caminho! Faça a diferença e Cristo te ensinará o que dizer, faça a diferença e Cristo te encherá de gozo, paz, amor, temperança e equilíbrio!
O que você não pode mesmo é deitar-se com os mortos, o que você não pode é aceitar a realidade deles para a sua vida…
Pense nisso!
Nesta semana o Senhor quer nos despertar para uma nova realidade e dimensão espiritual.
Desperta tu que dormes, e levanta-te de entre os mortos, e Cristo te esclarecerá!
Medite sobre isso, mude o que for necessário e seja realmente feliz!

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

O tempo de fazer Diferente!

Hoje eu acordei com vontade de não ser eu, pois olhando para mim, não o homem no espelho mais o "eu" interior, percebi que ele estava velho e cansado...por mais louco que possa parecer algo em mim lutava contra o eu que estava com caracteristicas de um doente prestes ao óbito, tudo em mim nesta manhã parecia velho, ultrapassado, arrogante e rançoso. não sei, parecia que minhas verdades não tinham base,que meus trinta e sete anos de vida foram um "tempo de águia", isso quer dizer, voei, mas o peso da liberdade acumulou-se sobre minhas penas me fazendo ave reclusa em tempo de renovação.
Mais quando dei alguns passos pelo espaço que me foi dado como lar pelo criador,me deparei com o que é mais valoroso a todos os seres vivos, os filhos, a descendência; então olhando para mim vi que o velho eu havia deixado boas recordações.que independênte de ser velho o novo já estava semeado!
peguei o velho pelo pescoço e o joguei no chuveiro dei duas bofetadas em seu(meu) rosto e lhe disse :"teu corpo precisa acompanhar teu espírito"!
Tudo debaixo do sol é passageiro isso quer dizer que tudo se renova, coisas,pessoas,nações inteiras,Deus me fez lembrar de 2 Corintios 5:17: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.
LÚCIO PAZ

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Curso de Teatro